Baratonta | Page 305
Vitor Correia
12 de maio de 2015

Giana Lopez, 25 anos, ostenta um cabelão e um corpo de dar inveja em muitas mulheres. A americana nasceu homem e está na luta pra realizar seu sonho: mudar de sexo definitivamente. Melhor: sem gastar nem um tostão!



Assim era ela quando menino. A aparência masculina não agradava e fazia com que ele se sentisse um peixe fora d’água. Aos 18 anos resolveu colocar um basta e contou à família e amigos como realmente se sentia: uma verdadeira menina.



Giana vem tomando hormônios femininos há quatro anos e entrou na faca para ter seus testículos removidos. A mudança foi grande e deixa todo mundo de queixo caído.



Mas a tão sonhada e esperada cirurgia de mudança de sexo é um problema. Giana trabalha como maquiadora e não tem grana suficiente para bancar os custos da operação nos Estados Unidos.

Vitor Correia
7 de maio de 2015

Quem não lembra do caso da menina que foi humilhada pela sobrancelha fora dos “padrões” da normalidade? Julia Gabriele sofreu literalmente um dos maiores abusos da história da internet no Brasil. Os agressores, um tipo de pessoa que a psicologia reconhece de cara, não se importaram se ela tinha apenas 11 anos.



Sim, 11 anos. Atacaram uma menina de 11 anos de idade. Julia até tentou se defender, mas as coisas só pioraram. Felizmente a família interferiu e deletou todas as contas da menina em redes sociais. É seguro dizer que todas as pessoas que zoaram Julia tem algum problema afetivo grave? Sim, e também de caráter. São crianças corajosas apenas atrás de uma tela de computador e na barra da saia de suas mães.



Nos Estados Unidos é muito comum que crianças cometam suicídios após episódios similares. Apesar de terem rolados boatos, Julia não tirou a própria vida. A garota contou com a ajuda de sua família para superar o episódio. A primeira medida foi deletar imediatamente sua conta de Facebook. Aliás, é mais do que óbvio que crianças não devam ter contas em redes sociais pois a possibilidade de acontecerem coisas similares é grande.

A internet é habitada por muita gente boa e legal, mas também por muitos fracassados pervertidos e inúteis. São pessoas que jogam suas próprias frustrações em crianças como Julia. É aquele virgem derrotado que coloca sua raiva em uma criança de 11 anos, como se olhando para um espelho. Julia deu o troco:



Que o futuro dessa menina seja maravilhoso e que ela possa utilizar essa horrível experiência para ajudar outras pessoas que passam pelas mesmas situações, virando vítimas de inúteis frustradinhos na internet. Julia não tem mais nenhuma conta em nenhuma rede social, por isso é impossível achar mais fotos da menina hoje em dia.



Ainda tem mais posts de hoje, passe de página...