As academias de "esposas perfeitas" para as SS nazistas! | Baratonta - Baratonta
As academias de “esposas perfeitas” para as SS nazistas!
Vitor Correia
18 de agosto de 2014

Admiradora de Hitler, geneticamente impecável, e profissional nas tarefas de casa. Este era o objetivo das “escolas de namoradas” da Alemanha nazista para a mulher dos oficiais das SS. A mulher nazista deveria ter as seguintes características: ser admiradora de Adolf Hitler, geneticamente impecável e profissional nas tarefas.

De acordo com documentos recentemente encontrados nos Arquivos Federais alemães, a “menina nazista ” dos anos 30 e 40 devia formar-se na “escola de namoradas “. O curso durava cerca de seis semanas. O papel das mulheres na Alemanha nazista era servir como um ” pilar da raça germânica “.

   

 Para casar com seu namorado das fileiras da SS ou outro oficial nazista , uma mulher seria obrigada a fazer o curso onde as ensinavam cozinhar, costurar , limpar , passar, decorar a casa , além de cuidar e educar crianças. Também davam-lhes noções sobre como se comportar corretamente em eventos sociais e ensinavam-lhes ” conhecimentos especiais sobre a genética e a raça”. Após o curso, recebiam um certificado que lhes permitia casar em uma cerimônia neo- pagã diante de um altar decorado com símbolos nazistas, na presença de membros da Wehrmacht, as forças armadas unificadas de Alemanha nazista 1935-1945 , que surgiram após a dissolução das Reichswehr. As “escolas de namoradas” foram fundados após o comandante da SS , Heinrich Himmler , assinar a respectiva ordem em 1936. A primeira escola foi aberta na ilha de Schwanenwerder, no Lago Wannsee , próximo de Berlim. A pessoa que liderou o projeto foi Gertrud Scholtz-Klink, a mulher de mais alto escalão do Terceiro Reich, que liderou o NS-Frauenschaft ( Liga Nacional Socialista de Mulheres), além de ser amiga pessoal de Himmler e uma ativista nazista fervorosa.

 

As escolas usufruíram de grande popularidade, mas, quando a escassez de homens por causa da guerra começou a ser notada, os nazistas tiveram de repensar o ideal feminino, que passou a ser o de uma mulher trabalhadora em prol da guerra.

posts relacionados

Parecidos Parecidos Parecidos Parecidos Parecidos
Parecidos Parecidos Parecidos Parecidos Parecidos

deixe um comentário